Conteúdo: como produzir em menos tempo

Bibiana Comunicação & Escrita 0 Comentários

O tempo estimado de leitura é de 6 minutos

Conteúdo: como produzir em menos tempo | bergamotadesign.com

Ah, o tal conteúdo. O caminho das índias do empreendedor digital. Aquilo que tu tem que fazer, ou deixa de existir na rede. Aquilo que causa crises de ansiedade nos perfeccionistas do mundo. Aquilo que… bom, deu pra entender, né?

Pois bem, sou empreendedora, acredito na rede, e leio tudo que me chama atenção em relação a comunicação, empreendedorismo, etc. Já falei sobre minhas ansiedades a respeito do assunto, especialmente o blogar. Pois hoje falo sobre o conteúdo. E sobre como produzir o tal do conteúdo. E sobre minha batalha pra produzir mais conteúdo – ou, ao menos, conseguir publicar meu um post da semana sem levar um mês e arrancar todos os cabelos da cabeça! 

O que é conteúdo

O tal conteúdo é o que temos que produzir pra ter relevância pros motores de busca, pra tá sempre nos newsfeeds do Facebook, pra mover o monstro que é a internet. A palavra de ordem é produzir. Produzir muito, produzir rápido, produzir express. E há duas maneiras de fazer isso: criar conteúdo e curar conteúdo.

Mas, porém, contudo, todavia… quando conversamos, ou quando leio, sobre produção de conteúdo, tenho um pequeno {relativamente} ataque de ansiedade. Então, fui estudar. Primeiro, entender – de vez – o que é a tal da curadoria de conteúdo. Depois, entender como produzir conteúdo – em menos de um mês.

O que é curadoria de conteúdo

Uma das maneiras de produzir conteúdo pras redes é pela curadoria de conteúdo. A Rockndazs é maravilhosa nisso, faz um trabalho magnífico pra vários clientes, inclusive já fez pra mim… mas nunca consegui me acertar a essa maneira curadoria de produzir. Deixa esclarecer: produzir post rápido, curto, que fale de um assunto por vez. Não sei se deu pra perceber, mas tenho uma tendência a ser meio enrolada… Fora que prefiro produzir conteúdo à curar conteúdo – preferência pessoal, ok! Nada de errado com curadoria!!!

E a magia da internet é conhecer pessoas maravilhosas que te conhecem e aceitam e seguem sendo amigas mesmo quando discordam, ainda mais quando a outra pessoa é uma diva maravilhosa como ela. Basicamente, o que estou dizendo é que: 1. Aninha, #amotu! 2. sou incapaz de produzir posts curtos. 3. sou incapaz de fazer coisa rápida {tipo, consigo fazer um post por semana…}.

Voltando! Se tu quiser seguir por esse caminho, há várias receitas espalhadas pela blogosfera, dizendo como fazer posts, com que frequência, quais os assuntos, como melhorar SEO… enfim, o que tu conseguir pensar, tem post sobre. Inclusive o blog Rockndazs é uma ótima fonte pra isso – aprendo um monte com os posts dela. Mas, esse método de produção, pra mim, não funciona. Prefiro criar conteúdo.

Meu processo de criação de conteúdo – até agora

Meu processo pra escrever posts pro Bergamota é assim: 1. encontro um assunto que me interessa na rede, vejo como se relaciona com algo que estou pensando sobre, como ele pode se encaixar ao conteúdo que produzo pro Bergamota {identidade, ontem, hoje, e sempre – aprendi com a Rockndazs!}. 2. Encontro outras referências, pesquiso um monte, penso mais um pouco {às vezes, pesquiso demais, demoro demais, e perco o fio da meada}. 3. Sento, escrevo, penso, pesquiso, releio, repito, até chegar a um resultado satisfatório – sim, porque perfeito, já constatei há muito tempo, não existe.

Eu levo umas quatro horas pra escrever um post. Só contando o tempo que passo sentada realmente escrevendo, ou seja, passo 3 acima citado. Isso quando não rascunho algo e deixo parado até encontrar um gancho pro conteúdo da Bergamota! Nunca tentei contar o tempo que passo pensando sobre o post, porque, né… Mas leva semanas. Ridículo.

Por isso, me dou por contente quando consigo publicar um post por semana. Afinal, tenho um filho pra criar, uma casa pra cuidar, uma empresa pra tocar, e uma vida pra viver

Contanto… {viu, não sou cachorro de um truque só!} Sou designer. Penso como designer. Resolvo problemas como designer. E essa coisa de levar semanas pra escrever um mísero {maravilhoso, divino e poderoso} post não dá mais. Sério. Então, resolvi resolver { 😀 } o problema como designer. 

Melhorando meu processo de criação de conteúdo

Como boa designer, comecei pesquisando. Encontrei várias coisas sobre produção de conteúdo – porque, né, internet… Mas o que mais gostei foram alguns posts no blog do Buffer {daqui uns dias falo sobre essa maravilha do código}.

Lendo esse post, e esse, e mais esse, consegui – começar a – encontrar a luz no fim do túnel pros meus problemas se-acabarem-se! {alguém mais ouviu o jingle na cabeça? Ou tô só divulgando minha antiguidade?} Não vou passar item por item de cada post, mas relatar o que tirei da pesquisa, ok?

Método Bergamota de criar conteúdo de blog

Que fique bem claro: a metologia proposta está em fase beta, e pode ser alterada sem aviso prévio. Também, inclui café. Muito café. Nível Gilmore Girls de café. Ah, o café me disse pra dar o nome de Método Bergamota de não arrancar todos os cabelos da cabeça criar conteúdo de blog!

  1. PesquisarPesquisa o que já foi escrito
    Te informa melhor sobre o assunto, produz melhor – e não tenta reinventar a roda;
  2. DelimitarDelimita o tema do post
    Deixa claro pros entes mágicos da criação exatamente sobre o que vocês vão escrever;
  3. DelinearDelineia os tópicos do post
    Faz um mapa de onde começar, por onde ir, e onde chegar – e evita ficar louca no processo;
  4. RascunharRascunha o texto sem parar
    Escreve sem interrupções, e sem preocupação com gramática, links, ou os entes mágicos;
  5. EditarHora de pensar nos detalhes
    Confere a gramática, garante que o texto tá gostoso, e faz as pazes com os entes mágicos;
  6. AdicionarAgora é hora de pensar nos links
    É sempre bom ter links pro teu próprio blog, mas é bom também ter links externos;
  7. Criar – Hora de pensar nos gráficos
    Os colírios de blog, as gostosuras visuais, aquelas magias que vão te botar no mapa do Pinterest;
  8. SEODefine palavra chave e resumo
    Hora de garantir que essa tua maravilha vai chamar a atenção do gatão Google e bombar na rede;
  9. CabeçalhosDá nome aos bois
    Cabeçalho não é só pra bonito, ajuda o leitor a acompanhar o conteúdo
    e encontrar o que procura;
  10. PolirDeixa o post brilhando
    Botar os pingos nos Is, as vírgulas e pontos, conferir os links, deixar redondinho;
  11. PublicarPublica o post e reza
    Faz três pedidos, pula sete ondinhas, chama os santos e orixás, e bota o filho no mundo;
  12. Promover – Faz a festa nas redes sociais
    Afinal, de que serve uma obra prima que fica guardada em uma gaveta pegando pó virtual?

Ah, e antes que esqueça: esse post mostra como aninhar as etapas, pra conseguir conciliar todas as dez mil coisas a fazer no dia, e também ter um tempo entre pesquisar, delimitar, delinear, e rascunhar, pra poder pensar no assunto.

E depois, comemora! E pra comemorar, fiz um infográfico!!!

Método Bergamota de criar conteúdo de blog:
um infográfico

[sociallocker]Método Bergamota de criar conteúdo de blog | bergamotadesign.com[/sociallocker]

E concluindo

A partir de agora vou colocar em prática o Método Bergamota! E ver se funciona! E te aviso – produzindo conteúdo! E mantendo meus lindos cabelos negros. E não tomando tanto café.

Gostou?

E agora lembrei da propaganda dos mamíferos da Parmalat.

Sim, isso foi completamente aleatório. Mas outra coisa que também aprendi – pela experiência e pela pesquisa – é que empatia é diva, e fazer rir é o melhor remédio. E tem como não rir com essas gracinhas? E sim, eu sei que na propaganda é “Tomou?”. Mas imagina um “Gostou?” com a mesma carinha linda e voz fofa, ok? Brigada.

Outra coisa que aprendi nas pesquisas: pedir é bom e faz bem, e pedir amor virtual é totalmente ok, ok? Portanto, lembra de espalhar o amor, a alegria, e a magia. Ou, como diz a Jout Jout, vamos nos amar virtualmente 😉

Quem ama, compartilha 😉
Quem escreveu

Bibiana

Facebook

Diva mor na Bergamota Design. Designer por formação. Mestranda por opção. Curiosa incurável. Stand up comic nas horas vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *