Sobre: como escrever a página que te representa

Bibiana Comunicação & Escrita 0 Comentários

O tempo estimado de leitura é de 5 minutos

Sobre: como escrever a página que te representa | bergamotadesign.com Aprende a escrever uma página Sobre que te representa e mostra pro mundo a que tu veio, com direito a banda marcial e até uma baliza! Tem surpresa dentro!

Imagina: tu entra num blog até então desconhecido – pra ti -, adora o post que te levou até lá, começa a fuçar e descobrir mais um monte de coisa legal, e fica cada vez mais curiosa sobre a pessoa que escreve essas gostosuras. Procura então, em algum lugar, alguma explicação sobre quem é a pessoa.

Talvez não encontre – sim, acontece! Sem graça, né? Mas, na maioria das vezes, encontra, e vai, como criança em parque de diversões, correndo pra conhecer tudo! E quando chega lá: decepção. É um texto básico que não diz nada, ou é uma novela russa que não dá nem pra acompanhar, ou simplesmente não representa a pessoa maravilhosa que escreve aquele conteúdo fantabuloso {fantástico + fabuloso ;)}.

Agora imagina: quem lê é teu leitor ideal, e quem não está representada é tu. Péssimo. Apocalipse. Socorro!!!!

Calma. Também sofri – muito – com esse problema. Levei um tempão pra chegar numa página Sobre que, a meu ver, me represente. E resolvi isso à maneira designer: pesquisei muito, formulei um sistema, e apliquei, com direito a muitos momentos dã {sabe aquela batida na testa básica que tu dá quando percebe que até aquele momento foi muito estúpida? Poisé, fiquei com a testa vermelha por dias!}. E agora estou aqui pra te passar esse sistema. Sem delongas, o meu Guia para criar A TUA página Sobre, pra nunca mais esquecer!

Primeiro: o propósito do blog

O grande propósito do blog é criar conexões. É usar esse espaço pra criar uma relação pessoal e afetiva com teu leitor, pra mostrar tua habilidade e conhecimento no teu ramo de negócios, e forjar conexões que vão te ajudar a crescer teu negócio. E, pra fazer tudo isso, é importante – importantíssimo, importantérrimo – que o leitor te conheça. Bem. Aí entra a famosa página Sobre.

Segundo: o foco da página Sobre

O mais importante a ter em mente é que o foco da página Sobre não é tu. Chocante, né?

A razão de existência da página Sobre é mostrar o que tu pode fazer pelo teu leitor, que problema teu blog pode resolver pra esse leitor, ou o que ele vai ganhar ao ler teu blog. As pessoas leem blogs pra ganhar conhecimento, ou por entretenimento, ou pelos dois, tudo junto e misturado!!! {Aham, entendeu agora o porque de tanta piada na Bergamota?}

Mas, porém, contudo, todavia… só porque o foco não é tu, não quer dizer que tu não precise te apresentar. O importante aqui é encontrar o equilíbrio entre mostrar quem tu é, tuas forças, qualidades, idiossincrasias, E mostrar o que tu faz, o que tu oferece, como tu pode ajudar. Mantendo o foco no outro – nesse caso, o leitor.

Terceiro: as qualidades de uma boa página Sobre

A boa página Sobre é:

  • pessoal;
  • engraçada;
  • autêntica;
  • informativa;
  • humilde;
  • um convite a demorar-se;
  • específica;
  • bem escrita;
  • cheia de voz;
  • cheia de imagens;
  • uma conversa;
  • um convite a conectar.

 

Quarto: mostra tua cara

Há várias maneiras de mostrar quem tu é e a que tu veio. Aqui vai outra lista, agora de coisas a fazer {afinal, quem não adora listas?}:

  • Conta tua história, seja extrovertida. Todo mundo gosta de conhecer as pessoas com quem se relaciona;
  • Fala em primeira pessoa, sempre! Como já mencionei, a comunicação do empreendedor é sempre pessoal;
  • Deixa bem claro o teu propósito, os teus serviços, a que tu veio ao mundo;
  • Melhor ainda, começa explicando teu propósito, como tu pode ajudar, e o que o leitor pode tirar do teu blog. Depois conta tua história e como tu chegou ao teu empreendimento atual e ao blog;
  • Seja acessível e convidativa, não distante e seca;
  • Equilibra o pessoal e o profissional. Lembra, a ideia é forjar uma relação;
  • Enche de imagens de coisas importantes pra ti! Mas cuidado pra não compartilhar coisa demais: lembra do item anterior;
  • Inclui links pra redes sociais e contatos, mas procura fazer de uma forma orgânica, inserindo esse material no texto corrido. A ideia é convidar a conectar, não ordenar;
  • Fala sobre tuas habilidades e conhecimentos – sem se gabar!

 Quinto: organiza

No fim do dia, a página Sobre serve pra mostrar quem tu é. A próxima lista é sobre ferramentas pra ajudar a organizar tua história:

  • listas;
  • cabeçalhos;
  • fotos;
  • vídeos curtos;
  • perguntas e respostas;
  • extras divertidos;
  • teu espaço de trabalho;
  • fatos engraçados;
  • citações legais;
  • depoimentos.

Sexto: sugestões

Não sabe por onde começar? Não tem ideia do que falar? É tímida/ extrovertida/ não gosta de se expor? Não tem problema! Segue uma lista de sugestões de perguntas que tu pode responder pra construir uma página Sobre pra TE representar:

  • O que faz de ti… tu? O que te diferencia de todos os outros humanos caminhando por esse planeta?
  • O que/ quem te inspira?
  • O que te faz rir/ chorar?
  • Onde tu mora? Descreve tua casa, tua rua, teu bairro, tua cidade… Pode ser tão vaga ou tão específica quanto queira, só não precisa dar o endereço!
  • Conta uma história curta sobre tua família, ou uma anedota engraçada;
  • Como teus amigos te descrevem?
  • Por que começou o blog?
  • Por que continua blogando?
  • O que espera que teus leitores tirem do blog?
  • Conta algo que quase ninguém saiba;
  • Lista 10 coisas favoritas;
  • Lista 10 posts preferidos do teu blog.

Conclusão

Escrever uma página Sobre é mais ou menos como andar numa corda bamba – ou slackline pra quem gosta dessas coisas. Tem que equilibrar um pouco do profissional e um pouco do pessoal; tem que mostrar o que tu fez e o que tu faz bem sem se gabar ou parecer metida; tem que ser engraçada e divertida sem ser palhaça demais e perder a confiança do leitor; tem que mostrar a que veio sem pisar nos outros que trabalham na mesma área; tem que ser pessoal sem chegar ao nível de reality show; enfim, tem que encontrar o equilíbrio.

Minha sugestão: faz vários rascunhos. Usa várias ferramentas. Tenta tudo que encontrar pela internet. E depois descansa, respira, toma uma cerveja ou um sorvete ou suco verde, e lê tudo que fez. Escolhe o melhor, retrabalha o que ainda não tá bom, bota fora o que tá muito ruim. Vai costurando, aos poucos, sem pressa. Pede ajuda pra amigos. Acima de tudo, mostra quem tu é, e deixa clara tua identidade. E qualquer coisa, pega o grito como diz o guasca! Comenta aqui e te ajudo assim que puder!

Surpresa!

E como sou empreendedora, e todos os empreendedores são legais, fiz um presente pra ti: um guia pra te ajudar a fazer uma página Sobre que mostre ao mundo a tua identidade. Baixa agora essa gostosura gratuita e começa a mostrar tua cara!

Baixa agora!

Quem ama, compartilha 😉
Quem escreveu

Bibiana

Facebook

Diva mor na Bergamota Design. Designer por formação. Mestranda por opção. Curiosa incurável. Stand up comic nas horas vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *